3.10.06

Federation Square, Melbourne



Desde que as economias nacionais baseadas em infraestruturas industriais começaram a declinar, ali por volta do início dos anos 70, as cidades situadas em frentes de água passaram a reconfigurar os espaços antes destinados aos seus portos, armazéns, trapiches, estações de trem etc. Todos esses elefantes brancos que foram ficando obsoletos com o advento do capitalismo tardio e da chamada economia pósindustrial.


Melbourne, na Austrália, não foi exceção. E assim como dezenas de cidade pelo mundo, desde que Baltimore mostrou um caminho, também a opção foi pela via cultural. Ao contrário de outros lugares, no entanto, Melbourne não fez reconversões de prédios existentes e, sim, construiu um novo espaço urbano na antiga área da estação de trens de carga, adjacente ao rio, aproveitando para remover duas torres de combustível e gás.

O Federation Square nasce assim, no início deste século, fruto de um concurso internacional de arquitetura que foi ganho pelo Lab Architecture Studio. Rapidamente transformou-se no centro cultural e cívico de Melbourne, sendo hoje o ponto de encontro para assistir grandes eventos, como competições esportivas, comícios e espetáculos musicais para até 20 mil pessoas.



A arquitetura do Federation Square, com suas fachadas fractais em aço, zinco e vidro, é claramente influenciada pelo Museu Judaico, de Berlin, do arquiteto Daniel Libeskind. E embora os prédios não sejam assim tão originais, o espaço urbano criado pelo vazio entre eles funciona bem como uma nova praça, criando uma centralidade simbólica, indispensável à qualidade urbana de qualquer cidade.

O sinal dos tempos fica com o ponto focal da praça. Não uma estátua ou qualquer outro monumento que faça um registro do tempo, mas, ao contrário, uma enorme tela de light-emitting diode (LED) de 38,5m2. Sem rastros na sua escrita. Persiste apenas, como é inerente ao meio (media), alguns segundos na retina, enquanto reveza-se apagando e acendendo as suas terminações em vermelho, verde e azul (RGB), exibindo videos, trasmissões via satélite ou apenas a movimentação da praça em tempo real, captada por uma webcam. Um antimonumento para fluxos diversos.

Localize-se (geotags)
Federation Square

Direto no Google Earth
Federation Square

Links
www.federationsquare.com.au
www.labarchitecture.com

Nenhum comentário: